A logística reversa

Os cuidados com o meio ambiente estão gestando um novo e potente mercado, principalmente após a aprovação da nova legislação sobre os resíduos sólidos. Nela, um destaque especial para a logística reversa, que é o retorno de produtos, embalagens ou materiais ao seu centro produtivo. Quem já atua bastante neste mercado é a Logam do Brasil, de Nova Santa Rita, que tem como controlador o ex-comissário de bordo Gelson Araújo. Seu foco atual é a logística reversa de paletes de madeira da Braskem Petroquímica e seus clientes. O trabalho é recuperá-los para seu reúso na mesma cadeia produtiva, o que em 2010 preservou mais de 50 mil árvores e que em 2011 tem como meta 75 mil com a recuperação de 300 mil paletes. Só em agosto foram recuperados 27 mil, um recorde para a empresa.

Reciclagem e impostos

Um modo fácil de incentivar a reciclagem é reduzir seus impostos, até porque eles já foram recolhidos na versão original do produto, segundo o diretor da Logam do Brasil, Gelson Araújo. Hoje, um vidro produzido de material reciclado paga tanto quanto o elaborado de areia. Aliás, já houve até notícia de isenção total do IPI nestes produtos, que seria anunciado em outubro de 2009. Não foi.

Bienal do Mercosul

Celulose Irani, do grupo Habitasul, é uma das patrocinadoras da 8ª edição da Bienal do Mercosul, que começa neste domingo em Porto Alegre e vai até 15 de novembro. O evento reunirá 107 artistas de 34 países e terá como tema as várias formas sugeridas pela arte de definir o território a partir da geografia, da política, da economia e da cultura.

A diminuição do juro

Ex-ministro Delfim Netto tripudiou sobre os que criticam a recente diminuição da taxa básica de juros. “A sacrossanta independência do Banco Central só é reconhecida quando este decide de acordo com os seus conselhos”, ironizou.

O Cadastro Pró-Ética

Distribuidora de energia AES Sul está entre as quatro primeiras empresas do País a compor o Cadastro Pró-Ética, iniciativa da Controladoria-Geral da União e do Instituto Ethos, criado para avaliar e divulgar as empresas voluntariamente engajadas na construção de um ambiente de integridade e confiança nas relações comerciais, inclusive nas que envolvem o setor público.

Sicredi em todo o Estado

O Sicredi pretende estar em todos os 496 municípios gaúchos até 2013. Hoje faltam 88, dos quais quatro na Região Metropolitana, Eldorado do Sul, Alvorada, Esteio e Sapucaia, segundo o presidente do Sicredi União Metropolitana RS, Alcides Brugnera. Nascido no Interior do Estado, o sistema avançou nos centros urbanos, especialmente da Região Metropolitana de Porto Alegre, a partir de 1997, sempre procurando vincular-se às comunidades, antes de abrir uma agência, até para diminuir o tempo de retorno dos investimentos. O Sicredi atua hoje com todos os produtos do sistema financeiro, exceção ainda do crédito imobiliário.

Affonso Ritter

Fonte: Jornal do Comércio – http://jcrs.uol.com.br/site/noticia.php?codn=72371

Anúncios
Post a comment or leave a trackback: Trackback URL.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: